Balanço de branco


A primeira vez que ouvi essa expressão em fotografia estranhei. O que um branco balançando tem a ver com a foto?, pensei. E não dei muita importância ao balanço.
Depois vi a mesma expressão no manual da câmera de vídeo que comprei. E estranhei de novo. Até achei o termo meio racista. Porque não colocar balanço do índio, balanço da morena ou balanço da raça? E de novo não dei importância ao balanço do branco.
E tudo ia bem enquanto eu fotografa e filmava externas. Equipamento novo, imagens bonitas com boa resolução e cores fieis ao que fotografei/filmei.
Foi então que eu resolvi filmar o aniversário da minha sobrinha. Tempos de economia de luz, as lâmpadas de tungstênio sendo trocadas por lâmpadas frias para economizar energia elétrica.
O aniversário correu solto, muita filmagem daqui e de lá, só alegria. Até a hora que eu resolvi passar a filmagem na TV pra todo mundo ver. Foi aquele silêncio. Não porque a imagem estivesse maravilhosa ou as tomadas fossem cinematográficas. Mas porque a imagem estava verde-azulada, horrível, sem vida, totalmente diferente do que tinha sido.
Minha sobrinha balbuciou alguma coisa como “eu estou verde” e saiu da sala chorando.
Muito chateado com minha filmadora nova fiquei entre joga-la no chão ou estudar de novo o manual. Acabei resolvendo estudar o manual - que era a opção mais econômica...
Daí eu descobri que foi o balanço de branco (e não do branco) que me derrubou.
Eu sempre tinha sido avesso a fazer ajustes manuais - e deixava a câmera e a filmadora no automático. Mas agora não tinha jeito: tinha que ser no manual se eu quisesse filmar/fotografar direito.
Para você não passar por uma experiência desastrosa como a minha faça assim:
- procure no manual como acessar a opção Balanço de branco na sua câmera ou filmadora
- carregue com você sempre um cartão branco - pode ser uma cartolina branca dobrada em 4. Na falta do cartão use a camiseta da cunhada ou a calça do primo
- aponte a sua câmera para o cartão ou superfície branca e aperte o botão balanço de branco
- aguarde até que seu equipamento faça o balanço.
- note que no caso de uma imagem verde-azulada por causa da luz fria o cartão branco também terá a mesma cor. Quando você apertar o botão balanço de branco sua câmera fará o ajuste automático - e o cartão ficará branco.
A correção está feita! Você acabou de ensinar pra sua câmera que aquela superfície é branca. Então a filmadora ou a câmera registrarão todas as imagens com absoluta fidelidade - sem deformar as cores.
É importante saber: se você mudar de ambiente para uma iluminação diferente (luz do dia, luz do sol misturado com lâmpada fria, lâmpada de tungstênio, etc) terá que fazer o balanço de branco outra vez. Assim você garante a fidelidade da cor capturada pelo seu equipamento.
Então agora que você já sabe que balanço de branco não é uma dança mas sim um recurso do seu equipamento capriche mais na próxima filmagem/fotografia.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários passam pela Moderação antes da publicação.